quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Bichinhos Bizarros

Noossa.. Abandonei legal aqui!! rs...
Mas tenho boas desculpas!
To numa super correria na faculdade, muitos trabalhos pra entregar e nesse fim de semana foi aniversário de uma super amiga minha (Na realidade é hoje, entãoo... Parabéns Miiiiiiiih!!!!!!!), logo, Mayara não existiu fim de semana. Fato!
Como eu não sai nem nada, não teve conversas que renderam filosofias no Vanilla, mas recebi um email muito legal e nerd de uma amiga minha da faculdade, a Mari, que sempre manda coisas legais por sinal!
Então resolvi postar ele aqui pra vcs verem uns bichinhos que digamos, não são providos de beleza...
Juro que se eles fossem maiores e eu pudesse enxergar esses detalhes todos, eu sairia correndo toda vez que visse um!! rs
Bom.. Lá vaai =D
Para mostrar os insetos, foi usada uma técnica chamada eletromicrografia, que é uma imagem obtida pela fotografia da imagem da tela de um microscópio eletrônico de varredura. As imagens fazem parte de uma matéria feita pelo jornal Telegraph. 


Com pequenos dentes caninos, as larvas de mosca são utilizadas na medicina para limpar feridas. Elas são esterilizadas e colocadas na ferida, onde se alimentam de tecido morto, deixando os tecidos saudáveis. Sua saliva contém substâncias anti-bacterianas que mantém a esterilidade da área.



Esta é uma “pulga de gato”, cientificamente chamada de Ctenocephalides felis. Obviamente, ela é encontrada nos pelos de gatos.
Se você não sabe, esta é a mosca doméstica. Sua cabeça é formada por um par de grandes olhos compostos de cerca de 4 mil facetas. Os pelos na cabeça e no corpo agem como órgãos táteis.


A foto acima mostra um ácaro de poeira. Milhões deles habitam sua casa, alimentando-se de células de pele. Eles vivem principalmente em móveis e são geralmente inofensivos. No entanto, seus excrementos podem causar reações alérgicas em pessoas sensíveis.


Este é o Acarus siro, uma espécie com pelos longos que se estendem pelo seu corpo e possui grandes patas dianteiras. Esta espécie é uma praga comum em celeiros, lagares e cozinhas, sobretudo sobre grãos e cereais.

O saccharina Lepisma é um inseto primitivo que mantém-se inalterado durante milhões de anos e é considerado um fóssil vivo. Sua cabeça é coberta de pelos sensoriais. Os olhos (verdes) são posicionados nas extremidades da cabeça e seu corpo é coberto de pequenas escamas brilhantes.


O besouro de farinha é uma praga agrícola que ataca grãos armazenados.


A aranha de pernas longas possui oito olhos (amarelos) posicionados no centro de sua cabeça. Embora nativa dos trópicos, é muito comum em casas de todo o mundo. Ela é chamada de pernas longas porque elas possuem 5 ou 6 vezes o comprimento do seu corpo.


Esta é uma pulga humana, capturada pelo fotógrafo Brit Steve Gschmeissner.

Esta é a imagem de uma mosca amarela (stercoraria Scatophaga).


Esta é a aparência de uma aranha papa-moscas.

Imagem frontal de uma mosca.
Esta é a cabeça de uma lagarta tropical.


Esta é a parte inferior da cabeça de uma cigarrinha.


Esta é a tradicional pulga de cão.

Aqui, a aparência de uma vespa comum.

Esta também é uma vespa (Hymenoptera).
Aqui vemos uma formiga, natural da floresta amazônica.


Esta é a cabeça de uma abelha.


Se você não conhece, esta é a visão da cabeça de um percevejo.

PS: E o engraçado é que os 2 insetos que eu tenho MAIS PAVOR (Abelha e Vespa) foram os que eu achei mais bonitinhos menos feios.

Um comentário: